Editorial: A Escassez Hídrica Motivou a Criação do Consórcio PCJ

A população de Piracicaba sempre manteve uma paixão pelo rio que possibilitou o surgimento do município. O Rio Piracicaba foi eternizado e propagado nacional e internacionalmente, através da canção “Rio de Lágrimas”, composta em 1970, com letra de Lourival dos Santos e melodia de Tião Carreiro e Piraci e está no álbum A Força do Perdão, da dupla sertaneja Tião Carreiro & Pardinho. Dessa forma, a relação e contato do piracicabano com o seu folclórico rio criou um monitoramento voluntário da vazão de suas águas, que era ainda mais perceptível durante os períodos de estiagem, quando era reduzia drasticamente, com visíveis sinais de poluição, entristecendo e causando indignação na população de Piracicaba.

Quando o Governo do Estado de São Paulo anunciou a construção do Sistema Cantareira, em 1960, o que implicara em atribuir ao Rio Piracicaba o desafio de abastecer, além da população local, outros 9 milhões de habitantes da Grande São Paulo, gerou grande preocupação nos habitantes da comunidade piracicabana e irradiou para toda a região das Bacias PCJ.

O questionamento na época era como um “rio de estresse hídrico crônico”, poderia suportar essa grave intervenção. Tendo em vista que na estiagem disponibilizava menos água que a  demanda existente, obrigando o reuso em sua própria calha, levando o  município de jusante a  depender do efluente do seu vizinho localizado a montante para suprir a vazão a ser captada para atender as suas necessidades.

Ao invés de lamentar, a sociedade criou o Consórcio PCJ, em 1989, acreditando que somente com um gerenciamento eficiente dos recursos hídricos seria possível mudar a cultura regional na relação com a água, empreendendo ações para antever estiagens mais severas e que, no dia a dia, garantisse um balanço hídrico mínimo para a sobrevivência regional, atendendo à agricultura, indústria e a população em geral.

Através do lema “Pense antes que aconteça”, o Consórcio PCJ atua com base no “Planejamento, Fomento e Sensibilização”, com parcerias (local, Estadual, Interestadual, Nacional e Internacional), propiciou o fortalecimento da Gestão Internacional dos Recursos Hídricos e a implementação de um Sistema eficiente nas Bacias PCJ e no Brasil.

Tudo isso foi necessário para conseguir a liberação de vazões para as Bacias PCJ nas “Renovações das Outorgas do Sistema Cantareira”, sendo 3m³/s em 2004 e 10 m³/s de vazão média na estiagem, em 2017. Da mesma forma, a força do Consórcio PCJ e da comunidade da região, foi marcante para a construção dos Reservatórios de Duas Pontes, no Rio Camanducaia, em Amparo, e Pedreira, no Rio Jaguari, na cidade homônima, que irão ampliar em 9 m³/s as vazões para as Bacias PCJ. Sem esquecer do “Projeto Superando a Estiagem”, aplicado desde 2018, visando ações preventivas e de contingenciamento durante as estiagens para os 57 municípios das Bacias PCJ não atendidos pelo Sistema Cantareira.

Somente com os resultados de contratação pelo Consórcio PCJ de “Estudo Diagnóstico/Prognóstico de Estiagem”, junto à Universidade Estadual de Campinas  (UNICAMP), em 2013, associado  um Programa de Educação Ambiental da entidade, voltado ao Gerenciamento dos Recursos Hídricos,  tornou possível ao Consórcio PCJ iniciar a aplicação de  medidas não estruturais preventivas na estiagem de 2014/2015, que contribuíram para  uma redução de 20% do consumo regional na época, tornando possível superar a crise hídrica daquele período.

Desde 2020, a Entidade adota a prática da emissão de “Alertas Regionais sobre a Estiagem”, acompanhado de recomendações de procedimentos de superação desses períodos e prevenir a incidência em forma ainda mais contundente para os anos vindouros.

O combate a estiagem foi uma missão delegada ao Consórcio PCJ, quando de sua criação, obrigando um papel institucional de “Entidade Essencial e Implementadora de boas práticas, novas entidades e estruturas”, agindo de forma integrada e compartilhada no verdadeiro sentido da “Gestão Descentralizada e Participativa dos Recursos Hídricos”. É assim que superamos todas as crises hídricas do passado e, também, vamos superar a crise atual, claro, contando com o apoio de todos vocês, nossos municípios e empresas associados, além da participação e colaboração de toda a comunidade das Bacias PCJ.

Mário Botion
Presidente do Consórcio PCJ
e Prefeito de Limeira/SP

Compartilhe essa matéria via:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Newsletter

Assine a Newsletter do Consórcio PCJ e seja o primeiro a saber sobre projetos, ações de conservação e eventos importantes que acontecerão no ano. Além de notícias em primeira mão sobre todo o universo da água.

Outras matérias

Pular para o conteúdo