Sala de
IMPRENSA

Página Inicial » Notícias

Consórcio PCJ participou de Encontro de capacitação de funcionários da Rhodia Solvay Group

12 abril 2018



A situação da disponibilidade hídrica das Bacias PCJ e do Alto Tietê, onde está a Grande São Paulo, foi o tema central da apresentação feita por técnicos do Consórcio PCJ em Encontro de Capacitação de Funcionários da Rhodia Solvay Group, em São Paulo, que aconteceu na última quarta-feira, dia 11.

Participaram o encontro, o secretário executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahóz, e o assessor técnico da entidade, Flávio Forti Stenico, que também abordaram em suas apresentações dados atualizados sobre o estudo da Macrometrópole (região que engloba as Bacias PCJ, Alto Tietê, Paraíba do Sul, Sorocaba e Baixada Santista), ações de contingenciamento para eventos extremos e os resultados do 8º Fórum Mundial da Água, realizado recentemente, no último mês de março, em Brasília (DF)

Lahóz abordou a importância da sensibilização no processo de ampliação da disponibilidade hídrica. “No plano da Macrometrópole ficou evidente que ações de educação e sensibilização ambiental responderão por 50% da disponibilidade hídrica futura nessa região, ou seja, a conscientização sobre o valor da água e seu uso racional serão fundamentais para o sucesso nesse processo”, disse.

Ele ainda atentou que o Projeto “Construindo Sustentabilidade” do Consórcio PCJ capacitou e orientou a comunidade durante a pior crise hídrica já registrada, que foi a que ocorreu em 2014 e 2015, quando foi possível economizar 20% no consumo de água em toda a região Sudeste. “Mas não adianta pensar em ações de sensibilização apenas durante crises hídricas, é preciso investir em obras e ações estruturais e não estruturais o tempo todo visando a independência hídrica, diante dessa nova realidade que é a ocorrência de eventos extremos”, comentou Lahóz.

O secretário executivo ainda destacou a necessidade se cultivar o senso de compartilhamento da água e união, citando como exemplo a partilha da água entre as Bacias PCJ e o Alto Tietê, por meio do Sistema Cantareira, que é tão ou de maior complexidade que a divisão de água entre bacias transfronteiriças. Na ocasião, Lahóz enalteceu o gerenciamento quase que perfeito realizado nesses anos todos dos reservatórios, que permite o abastecimento das duas regiões mais importantes economicamente para o país.

Os técnicos do Consórcio PCJ explanaram também sobre as 22 Metas para a Sustentabilidade Hídrica Futura, presentes no site www.agua.org.br, como forma de se preparar para a possibilidade de ocorrência de crises hídricas futuras, devido aos eventos extremos.

O assessor técnico, Flávio Forti Stenico, apresentou dados sobre o comportamento das precipitações nas Bacias PCJ e na altura dos reservatórios do Sistema Cantareira, que vem ocorrendo abaixo da média desde o ano de 2012. Em 2018, as chuvas continuam com essa tendência, sendo que na região de cabeceira das Bacias PCJ choveu 53% menos que a média histórica no mês de fevereiro.

Participaram do Encontro de Funcionários da Rhodia Solvay Group, o presidente do grupo, José Matias, o diretor geral para América Latina, Reinaldo Spitzner, e o responsável por Saúde, Segurança e Meio Ambiente (HSE) para a América Latina, Vlamir Khanashiru,  o HIPS (Host Intrusion Prevention System) também para a América Latina, Llerson Melo. O evento aconteceu no Centro Empresarial CENESP, em São Paulo, capital.


VOLTAR



Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí
Av. São Jerônimo, 3100 - Americana, São Paulo, 13470-310 Brasil
19 3475-9400
PCJ
©Consórcio PCJ 2018 | Todos os direitos reservados
Criação
Manutenção Bk360 Agência Publicidade Propaganda Digital
1
×
Olá, podemos ajudar?