Prêmio Ação
pela Água

Está formada a Comissão Julgadora do Oscar da Água!

15 maio 2019



São 17 nomes de grande expertise que irão avaliar 6 categorias do 7° Prêmio do Consórcio PCJ

O 7° Prêmio Ação Pela Água, que será entregue durante a celebração dos 30 anos do Consórcio PCJ, no dia 17 de outubro, acaba de confirmar os 17 nomes que farão parte da Comissão Julgadora dos trabalhos. A sétima edição conta com seis categorias para inscrições de trabalhos, sendo uma delas exclusiva aos veículos de imprensa, uma das novidades do Prêmio neste ano. Podem concorrer ao 7º Prêmio Ação pela Água projetos que tenham causado impactos positivos na sustentabilidade hídrica da região, assim como veículos de comunicação que produziram reportagens de grande sensibilização ambiental nas últimas três décadas.

Foram selecionados e confirmados 12 nomes que avaliarão os projetos inscritos nas categorias “Poder Público de Municípios Associados ao Consórcio PCJ”, “Setor Empresarial Associado ao Consórcio PCJ”, “Instituições não Associadas ao Consórcio PCJ”, “Sociedade Civil”, e “Ensino e Pesquisa”, além dos 5 nomes selecionados para a categoria “Imprensa”.

Para julgar as cinco primeiras categorias foram selecionados influentes profissionais de diversas áreas ligadas à gestão da água. São eles:

– Ângelo Lima, biólogo, doutor em geografia e secretário executivo do Observatório da Governança das Águas (OGA BRASIL);
– Antônio Carlos Zuffo, engenheiro civil e professor doutor do Departamento de Recursos Hídricos da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP);
– Daniel Manzi, engenheiro civil, doutor em engenharia hidráulica e coordenador de fiscalização da Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento (ARES-PCJ);
– Domenico Tremaroli, biólogo e diretor de avaliação de impacto ambiental da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB);
– João Demarchi, engenheiro agrônomo e pesquisador do Instituto de Zootecnia (IZ), e coordenador da Câmara Técnica de Recursos Naturais (CT-RN) dos Comitês PCJ;
– Lígia Oliveira, engenheira ambiental e sanitarista, diretora técnica do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) do Estado de São Paulo;
– Luiz Sertório, geógrafo e gestor da APA Piracicaba/Juqueri-Mirim da Fundação Florestal do Estado de São Paulo;
– Lupércio Ziroldo, engenheiro civil, diretor da Bacia do Baixo Tietê do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), presidente da Rede Brasil de Organismos de Bacia (REBOB) e secretário técnico permanente da Rede Latino Americana de Organismos de Bacia (RELOB);
– Malu Ribeiro, jornalista e coordenadora do Programa Rede das Águas da Fundação SOS Mata Atlântica;
– Rubens Filho, jornalista e coordenador de comunicação do Instituto Trata Brasil;
– Samuel Barreto, biólogo, gerente nacional de águas da TNC (The Nature Conservancy) e do Movimento Água para São Paulo (MApSP);
– Suraya Modaelli, engenheira civil, diretora técnica do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), secretária executiva da Rede Brasil de Organismos de Bacia (REBOB) e do Fórum Paulista de Comitês de Bacias.

A categoria Imprensa, novidade desta edição do “Oscar da Água”, também contará com profissionais de grande capacidade técnica e prestígio. Os avaliadores desta categoria são:

– Carlos Vogt, letrólogo, professor titular na área de semântica argumentativa e coordenador do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP);
– Cecília Strang, jornalista, sócia-proprietária e diretora na Alfapress Comunicações;
– Cecília Toledo, jornalista e professora na Faculdade de Jornalismo da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas;
– Marcel Cheida, jornalista, professor adjunto da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas e coordenador do curso de Especialização em Gestão e Produção em Jornalismo;
– Paulo Roberto Botão, jornalista, professor e coordenador do Curso de Jornalismo da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), e membro da diretoria da Associação Brasileira de Ensino de Jornalismo (ABEJ).

O Prêmio Ação pela Água, criado no ano 2000, tem como objetivo reconhecer, estimular e dar visibilidade às ações desenvolvidas nas Bacias PCJ por instituições públicas e privadas, no sentido de recuperar, conservar e/ou melhorar a disponibilidade e a qualidade dos recursos hídricos. Dentre os critérios de avaliação que deverão ser observados pela comissão julgadora, estão o impacto social gerado, a replicabilidade das ações e a originalidade dos projetos.

A sétima edição do Prêmio, que irá prestigiar ações que transformaram a gestão da água nos últimos 30 anos, está com inscrições abertas até o dia 22 de julho. O regulamento completo para inscrição de projetos também está disponível na página do 7° Prêmio Ação Pela Água. A divulgação dos projetos selecionados será no dia 30 de setembro. Mais detalhes e informações podem ser conferidas no site: https://agua.org.br/premio-acao-pela-agua/.


VOLTAR



Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí
Av. São Jerônimo, 3100 - Americana, São Paulo, 13470-310 Brasil
19 3475-9400
PCJ
©Consórcio PCJ 2018 | Todos os direitos reservados
Criação
Manutenção Bk360 Agência Publicidade Propaganda Digital
1
×
Olá, podemos ajudar?