Sala de
IMPRENSA

Página Inicial » Notícias

Segurança hídrica para a segurança mundial

21 maio 2019



Conferência da UNESCO destaca a importância da segurança hídrica para o futuro

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) realizou, no dia 13 de maio deste ano, a Conferência Internacional da Água, intitulada “Alavancando a gestão intersetorial dos recursos hídricos para a sustentável segurança da água e da paz”. O encontro, realizado na sede da UNESCO, em Paris, reuniu autoridades e pesquisadores de diversas instituições internacionais com o objetivo de compartilhar boas práticas da governança transfronteiriça e intersetorial dos recursos hídricos.

Durante a Conferência, foi lançado um “Chamado para Ação” para que todos possam promover e adotar a gestão intersetorial da água em suas localidades. As prioridades apresentadas pela UNESCO para a gestão dos recursos hídricos são complementares às do Conselho Mundial da Água (WWC – sigla em inglês), instituição composta por mais de 300 organização do mundo todo, incluindo o Consórcio PCJ. De acordo com o Presidente do WWC, Loic Fauchon, o conselho tem como estratégia fomentar, nos próximos dois anos, as seguintes ações:

1 – Reservar água hoje para utilizar no futuro: Para que a segurança hídrica se torne uma realidade, a disponibilidade deste recurso deve ser incrementada por meio da construção de espaços para o seu armazenamento, pelo desenvolvimento de práticas de dessalinização e pelo incentivo ao reúso da água. O uso de novas tecnologias e ferramentas digitais são peças chave para o gerenciamento das demandas e otimização do consumo da água.
2- Aliança multissetorial: A água é essencial para todas as atividades humanas, desde a alimentação até a geração de energia. Uma abordagem entre os mais diversos setores na gestão da água é essencial para a sustentabilidade hídrica futura, sendo a Rede de Universidades para a Água do WWC um primeiro passo nesta direção.
3- Água é Política: O Conselho Mundial da Água precisa se engajar cada vez mais em uma ativa diplomacia hídrica, nas diferentes vertentes do conhecimento, da economia e da governança.
4- Dakar, a capital da água: O 9º Fórum Mundial da Água será realizado em 2021 na capital do Senegal, país do continente africano, e poderá ser essencial em prover visibilidade e respostas concretas para os desafios globais em relação à água.

Ainda de acordo com Loic Fauchon, “Soluções tecnológicas existem. Nós precisamos agora convencer os governos nacionais, parlamentares, e autoridades locais a adotarem uma abordagem multissetorial no gerenciamento desse precioso recurso”.

Para mais informações sobre as ações do Conselho Mundial da Água, acesse aqui.

Sobre o Conselho Mundial da Água

O Conselho Mundial da Água é uma plataforma internacional composta por múltiplos usuários da água. Foi criado em 1996 por iniciativa de especialistas renomados e organizações internacionais, em resposta a uma crescente preocupação da comunidade global sobre a disponibilidade da água no mundo. A missão do Conselho Mundial da Água é promover a conscientização, o compromisso político e a atuação, em todos os níveis, sobre a criticidade da gestão da água, inclusive os tomadores de decisão do mais alto nível. Ao fornecer uma plataforma para incentivar debates e trocas de experiências, o Conselho pretende chegar a uma visão estratégica comum sobre o uso dos recursos hídricos entre todas as partes interessadas. O Conselho catalisa também iniciativas e atividades, cujos resultados convergem para seu principal evento: o Fórum Mundial da Água, realizado a cada três anos num país diferente.

Sobre o Fórum Mundial da Água

O Fórum Mundial da Água é o maior evento sobre o tema no mundo. Organizado a cada três anos em um diferente país sede, o fórum oferece uma plataforma única de colaboração entre comunidade e tomadores de decisão, visando progredir no alcance dos desafios globais da água. O fórum reúne participantes de todos os níveis e áreas, incluindo políticos, organizações multilaterais, instituições de ensino e pesquisa, sociedade civil e setor privado. A 8ª edição, sediada pelo Brasil em 2018, engajou mais de 10 mil participantes, sob o tema “Compartilhando Água”. A próxima edição será realizada na capital do Senegal, em março de 2021.

Sobre o Consórcio PCJ

O Consórcio PCJ, fundado em 1989, é uma associação civil de direito privado, composta por 42 municípios e 25 empresas associados, que atua como uma agência de fomento, planejamento e sensibilização, com o objetivo de recuperar e preservar os mananciais, além de discutir a implementação de políticas públicas voltadas à gestão da água. A entidade é referência nacional e internacional na gestão de recursos hídricos, sendo membro de importantes entidades internacionais, como: o Conselho Mundial da Água (WWC), a Rede Internacional de Organismos de Bacias (Riob), a Rede Latino-Americana de Organismos de Bacias (Relob) e a Rede Brasil (Rebob).

Texto (adaptado) e imagem: Assessoria de Imprensa do Conselho Mundial da Água.


VOLTAR



Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí
Av. São Jerônimo, 3100 - Americana, São Paulo, 13470-310 Brasil
19 3475-9400
PCJ
©Consórcio PCJ 2018 | Todos os direitos reservados
Criação
Manutenção Bk360 Agência Publicidade Propaganda Digital
1
×
Olá, podemos ajudar?