Sala de
IMPRENSA

Página Inicial » Notícias

Segurança de Barragens será tema de debates em Reunião Plenária do Consórcio PCJ

11 março 2019



Evento ainda elegerá o novo Presidente da entidade pelos próximos 2 anos

O Consórcio PCJ promoverá nessa terça-feira, dia 12 de março, a partir das 10h no Nohotel, localizado na Rua Ítalo Boscheiro, 555, Campo Limpo em Americana (SP), a Reunião Plenária para a eleição do novo Conselho Diretor e do Presidente da entidade pelos próximos 2 anos. No encontro, será debatido a segurança de barragens de água no Estado de São Paulo, com destaque à construção dos reservatórios de Amparo e Pedreira, além da situação da barragem de Salto Grande, em Americana, que no último mês foi motivo de preocupação da comunidade devido ao relatório da Agência Nacional de Águas (ANA) considera-la de alto risco.

Na última semana, a Câmara de Vereadores de Pedreira (SP) aprovou projeto de lei que impõe restrições para construção de barragens no município. Antes, no início do mês, a prefeitura havia revogado licença municipal de construção, que já tinha sido emitida e aprovada antes mesmo do início da licitação das obras. Em Amparo, mesmo movimento se viu na Câmara dos Vereadores para barrar a construção do reservatório Duas Pontes. Essas atitudes ocorrem após o trágico acidente com a barragem de rejeitos de mineração, na Mina do Feijão, em Brumadinho (MG), no dia 25 de janeiro.

O temor pela segurança de barragens de água também contaminou a opinião pública da cidade de Americana (SP) e seu entorno, após reportagem de canal de televisão afirmar que o reservatório de Salto Grande, localizado próximo à foz do Rio Atibaia, tem alto potencial de dano e varreria do mapa as cidades de Americana, Limeira, Santa Bárbara d’Oeste e Piracicaba, em caso de rompimento.

No entanto, as informações desencontradas, muitas vezes sem embasamento técnico, somadas ao impacto das mortes ocorridas em Brumadinho, tem confundido a população e ocasionado uma apreensão desnecessária com a segurança de barragens de água nas Bacias PCJ. É importante esclarecer as diferenças de construção das barragens de rejeitos de mineração das barragens de armazenamento de água para abastecimento e geração de energia elétrica. As de água são levantas com fundação construída sobre um maciço rochoso e seu alteamento é feito por meio de argila compactada, levantado de uma só vez, o que torna o barramento muito mais seguro. As de rejeitos utilizam o próprio material para sua construção e esse método, conhecido como a montante, é responsável por 76% dos acidentes com rompimentos de barragens de mineração.

Na reunião Plenária do Consórcio PCJ dessa terça-feira (12), serão apresentados esclarecimentos sobre os modelos de construção de barragens além de discutir a situação das obras dos Reservatórios de Amparo e Pedreira, após os sucessivos questionamentos pelo poder público municipal dessas cidades. A situação da barragem de Salto Grande também será discutida. Na semana passada, o Consórcio PCJ enviou dossiê à Secretaria de Meio Ambiente de Americana, contendo vários estudos complementares sobre o reservatório, que também serão abordados na Reunião Plenária.

O Consórcio PCJ reforça a necessidade de ampliação do debate sobre a segurança dos reservatórios de água para que a sociedade não confunda os processos de construção desses empreendimentos com as executadas por mineradoras, bem menos seguros. Reservatórios de Água são necessários para ampliar a segurança hídrica, especialmente, em regiões de estresse hídrico como as Bacias PCJ.

Lançamento do Livro Ribeirão Quilombo – O Desafio de Trazer a Vida de Novo

Com um dos itens de pauta da reunião haverá o lançamento do livro que narra toda a trajetória do Projeto de Revitalização do Ribeirão Quilombo, que o Consórcio PCJ tem se empenhado nos últimos dois anos. Ainda será apresentado o vídeo que conta como estão as ações de revitalização em cada município da Bacia do Quilombo e servirá de campanha nas mídias sociais para divulgação do projeto.

Lançamento do 7º Prêmio Ação pela Água

Em comemoração aos 30 anos de fundação do Consórcio PCJ, a entidade promoverá em 2019 o 7º Prêmio Ação pela Água que irá premiar projetos e ações executados nessas três décadas por instituições localizadas nas Bacias PCJ que impactaram a disponibilidade hídrica da região, como também os veículos de comunicação que produziram reportagens de grande sensibilização ambiental sobre a temática. Na ocasião serão apresentadas as regras e procedimentos para a proposição de trabalhos e projetos para serem premiados e oficialmente a aberto o período de inscrições. Ao final será servido um brunch aos convidados e jornalistas presentes.

Eleição do Conselho Diretor e do Novo Presidente do Consórcio PCJ

Na Reunião Plenária também acontecerá a eleição do novo Conselho Diretor do Consórcio PCJ, bem como do novo Presidente que conduzirá a entidade no biênio 2019-2020. O atual presidente, Benjamim Bill Vieira de Souza, que também é o prefeito de Nova Odessa (SP), se apresentou para continuar à frente da entidade, com a apresentação de uma chapa de diretoria com algumas mudanças referente ao biênio anterior. Essa composição já foi apresentada aos associados e aprovada por consenso. Portanto, no encontro da próxima terça-feira ocorrerá a formalização da reeleição de Bill como presidente e apresentação do novo Conselho Diretor, conforme se segue:

Presidente
Benjamim Bill Vieira de Souza – prefeito de Nova Odessa

Vice-Presidente do Programa de Políticas de Recursos Hídricos
Mário Botion – prefeito de Limeira

Vice-Presidente do Programa de Educação e Sensibilização Ambiental
Nilson Alcides Gaspar – prefeito de Indaiatuba

Vice-Presidente do Programa de Assuntos Institucionais
Angelo Perugini – prefeito de Hortolândia

Vice-presidente do Programa de Integração Regional
José Silvino Cintra – prefeito de Piracaia

Vice-Presidente dos Programas Regionais
Hamilton Bernardes Júnior – prefeito de Pedreira

Vice-Presidente do Programa de Resíduos Sólidos
Carlos Alberto Lisi – prefeito de Saltinho

Vice-Presidente do Programa de Ampliação da Disponibilidade Hídrica
Carlos Defavari – prefeito de Rio das Pedras

Vice-Presidente do Programa de Proteção aos Mananciais
Representante da Empresa Sabesp

Vice-Presidente de Tecnologia e Sistema de Gestão
Representa da Empresa Águas do Mirante

Vice-Presidente do Programa de Sistemas de Monitoramento das Águas
Representante da Empresa Sanasa/Campinas

Conselheiros – representantes:

Municípios de até 50 mil habitantes:
Capivari, Ipeúna, Holambra, Corumbataí, Extrema (MG)

Municípios de até 500 mil habitantes:
Americana, Itatiba e Piracicaba

Municípios com mais de 500 mil habitantes:
Campinas

Empresas:
Dae Jundiaí, BRK Ambiental, Evonik, Usina Ester e Rhodia

Agentes de Interlocução:
Amparo, Atibaia, Bragança Paulista, Camanducaia/MG, Jaguariúna, Rio Claro, Santa Barbara D’Oeste, Cordeirópolis e Valinhos.


VOLTAR



Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí
Av. São Jerônimo, 3100 - Americana, São Paulo, 13470-310 Brasil
19 3475-9400
PCJ
©Consórcio PCJ 2018 | Todos os direitos reservados
Criação
Manutenção Bk360 Agência Publicidade Propaganda Digital
1
×
Olá, podemos ajudar?