Sala de
IMPRENSA

Página Inicial » Notícias

Painel no Espaço do Consórcio PCJ no Fórum Mundial da Água sensibiliza os participantes a respeito da tarifa real

22 março 2018



Hoje (22),  o primeiro painel realizado no Espaço do Consórcio PCJ no 8º Fórum Mundial da Água, foi a respeito da implantação da tarifa real no setor de saneamento. Participaram da discussão, Carlos Roberto Gravina, representando a ARES-PCJ, e Luís Fernando Lopes, representando a SANASA Campinas.

Durante esse painel, foi discutida a importância da implantação da tarifa real no setor de saneamento, para que exista um equilíbrio financeiro. O intuito é fazer com que as pessoas recebam água de qualidade, e as empresas de saneamento possam investir em tratamento, projetos de diminuição de perdas e novas tecnologias.

Ainda durante a apresentação, foi explicado como funciona a cobrança dessa tarifa. Carlos Roberto Gravina apontou que os valores são implantados de acordo com cada município, devido suas condições, não apenas operacionais, como também, da qualidade da água.

“Alguns municípios que possuem um rio bastante deteriorado, precisa de um melhor tratamento da água. Esses, terão um valor mais alto da cobrança”, explica o representante da ARES-PCJ. Ele ainda reforça que cada município possui um valor específico. “Não existe  a ‘tarifa ARES’, mas sim, uma tarifa que é cobrada a partir da necessidade de cada cidade”, diz Gravina.

Durante sua fala, o representante da SANASA Campinas atentou para o fato de que a implantação e o reajuste da tarifa real no setor de saneamento, é um compromisso com a população, que deve fiscalizar a gestão e os resultados daquele investimento. Segundo ele, é importante que as pessoas tenham consciência da importância dessa cobrança, para uma melhora no saneamento das cidades.

“O custo para a produção de uma água de qualidade, aumenta a cada ano, juntamente com o aumento de outras tarifas, como a de energia elétrica, por exemplo. Por isso, a conscientização da população a respeito desse assunto é fundamental, para que haja um reajuste coordenado de maneira eficaz e que resulte em bons investimentos”, completa Luís Fernando lopes.

Importância dos Organismos de Bacia é discutida em painel

Hoje também, o Secretário Executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahóz, participou de um painel na arena da Vila Cidadã do 8º Fórum Mundial da Água, que debateu a importância dos Organismos de Bacia.

Na ocasião, Lahóz destacou a importância do compromisso entre os participantes dos diferentes Organismos de Bacia, mesmo após o Fórum. Segundo ele, a troca de experiências através de eventos presenciais ou por internet, é fundamental.

“É preciso que as discussões entre esses organismos continuem, e que eles estejam cada vez mais unidos. Se o Fórum Mundial da Água está aqui no Brasil, hoje, isso se deve ao poder de articulação e da união dos Organismos de Bacia”, destaca Lahóz, que pediu aos presentes que não deixem de se reunir para debater importantes temas em relação à água.

Esteve presente no evento, o presidente da Rede Brasil de Organismos de Bacias (REBOB) e secretário técnico permanente da Rede Latino Americana  de Organismos de Bacias (RELOB), Lupércio Ziroldo Antonio, que anunciou, na ocasião, o início das discussões para o Fórum Latino Americano de Organismos de Bacias, que deve acontecer em 2020, com local e data exata a serem definidos.

Assessoria de Comunicação do Consórcio PCJ 


VOLTAR



Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí
Av. São Jerônimo, 3100 - Americana, São Paulo, 13470-310 Brasil
19 3475-9400
PCJ
©Consórcio PCJ 2018 | Todos os direitos reservados
Criação
Manutenção Bk360 Agência Publicidade Propaganda Digital
1
×
Olá, podemos ajudar?