Consórcio PCJ estabelece convênio com a Unicamp para buscar alternativas na ampliação hídrica do Sistema Cantareira

  • Home
  • Notícias
  • Consórcio PCJ estabelece convênio com a Unicamp para buscar alternativas na ampliação hídrica do Sistema Cantareira

O Sistema Cantareira – complexo de cinco represas, sendo três delas situadas nas cabeceiras das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ) – é um importante produtor de água para dois dos principais parques industriais do país: as Bacias PCJ e do Alto Tietê, onde está a Grande São Paulo. Com base nisso e na importância dos acordos que definirão as vazões para as duas regiões com a renovação da outorga do Sistema, prevista para 2014, o Consórcio PCJ anunciará e assinará na próxima quinta-feira (25), no Teatro Paulo Autran, em Americana (SP), durante a Abertura Oficial da Semana da Água 2013 – “Sistema Cantareira: #Compartilhando Desafios” –, convênio com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) para estudo sobre alternativas na busca de ampliação da oferta hídrica do Sistema Cantareira e outros mananciais.

A assinatura para início das atividades será realizada entre o Presidente do Consórcio PCJ e prefeito de Indaiatuba (SP), Reinaldo Nogueira, e o engenheiro civil e professor doutor da Unicamp, Antônio Carlos Zuffo, que também será o responsável pela condução dos estudos, que terá um ano para serem concluídos. O objetivo dessa iniciativa é subsidiar com informações adicionais os envolvidos com a renovação da outorga do Cantareira, no caso, a Agência Nacional de Águas (ANA), o Governo de São Paulo, por meio do Departamento de Água e Energia Elétrica (DAEE), a Secretaria Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos e da Sabesp, o Governo de Minas Gerais, por meio do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM).

Na descrição das atividades do documento que oficializa o convênio, consta “ampla cooperação entre os partícipes, com a finalidade de consultoria técnica visando apoio ao programa de monitoramento das águas com foco em estudos hidrológicos e melhorias na operação de reservatórios, com destaque ao Sistema Cantareira, uma vez que, pretende-se estudar regras operativas para o “Sistema Cantareira” e as bases para a renovação da Outorga de tal Sistema em 2014”.

Mobilização da comunidade nas Bacias PCJ

O Consórcio PCJ tem mobilizado a comunidade e sociedade civil organizada sobre a importância das negociações da renovação da outorga do Cantareira para a disponibilidade hídrica das Bacias PCJ, sobretudo no momento de crescimento que vive a economia, com mais empresas se instalando na região, e a implantação de megaprojetos, como a ampliação do Aeroporto de Viracopos e o trem de alta velocidade (TAV), na Região Metropolitana de Campinas (RMC), uma das áreas mais importantes do Brasil, com participação de quase 8% do Produto Interno Bruto (PIB) paulista e quando somado ao dos outros municípios das bacias PCJ representam 7% do PIB nacional.

Em 2012, foram organizados dois eventos de esclarecimentos sobre o assunto pelo Consórcio PCJ, com o apoio dos Comitês PCJ e de outros organismos e de instituições públicas e privadas, em formato de Talk-Show, com a participação de representantes dos entes envolvidos com a negociação da renovação da outorga ao lado de estudiosos, que debateram a atual situação do Sistema Cantareira e possíveis alternativas.

Semana da Água 2013 – Sistema Cantareira: #Compartilhando Desafios

O Projeto Semana da Água 2013, realizado pelo Consórcio PCJ desde 1994, por meio do Programa de Educação e Sensibilização Ambiental, terá como tema a história, o funcionamento e a importância do Sistema Cantareira para as Bacias PCJ e para a do Alto Tietê. Todos os anos, cerca de 180 mil alunos das escolas da região são capacitados pelo projeto.

Durante a Abertura do projeto para 2013, que será no Teatro Paulo Autran, a partir das 9h, também será lançado vídeo sobre a História do Sistema Cantareira e as perspectivas da renovação da outorga, que servirá de apoio aos educadores participantes da Semana da Água na aplicação do assunto com os estudantes participantes do projeto. O vídeo, também, tem como objetivo ser uma importante ferramenta de sensibilização da comunidade sobre a importância do Cantareira para a Região e estará disponível no canal do Consórcio PCJ no Youtube.

Documento “Carta de Americana”

Os participantes da Abertura oficial “Semana da Água 2013 – Sistema Cantareira: #Compartilhando Desafios” avalizarão o documento intitulado “Carta de Americana”, enviado a todos os associados ao Consórcio PCJ e aos inscritos para participação no evento da próxima quinta-feira. O documento, que também teve contribuições de representantes da Bacia do Alto Tietê, expressa a situação atual do Sistema Cantareira, os anseios da população das Bacias PCJ, e os desafios que norteiam a renovação da outorga do Cantareira para o desenvolvimento das Bacias PCJ quanto do Alto Tietê.

Sistema Cantareira

O Sistema Cantareira é um conjunto de cinco reservatórios que abastecem a região Metropolitana de São Paulo e as Bacias PCJ e garante o abastecimento de aproximadamente 14 milhões de habitantes. Atualmente, são destinados até 31 mil litros por segundo para a Grande São Paulo e normalmente cinco mil litros por segundo ao PCJ. O desenvolvimento industrial e vegetativo das duas regiões aponta para um cenário de necessidade de mais água para não comprometer o desenvolvimento dessas localidades. Técnicos das Bacias PCJ já pleiteiam em um aumento para 15 mil litros por segundo para conseguir suprir a demanda de oferta hídrica da região, no entanto, a Grande São Paulo também necessita de mais água para continuar a abastecer sua população que cresce em torno de 1% ao ano, ou seja, uma cidade de quase o tamanho de Americana (SP).

Nos últimos anos, no período de estiagem o Sistema deve de elevar a vazão para a região de cinco para 12 mil litros por segundo para não comprometer as captações de água de municípios e empresas. Outro ponto importante a ser discutido na renovação da outorga, será a ferramenta “banco de água”, espécie de saldo hídrico que ambas as bacias podem utilizar devido à economia de envio de água em períodos chuvosos, como os de dezembro a março. No entanto, com a ocorrência dos eventos extremos, a ferramenta necessita ser aperfeiçoada para se manter eficiente, considerando as possíveis liberações durante o período de chuvas e de estiagem.

Talk-Show

Compartilhe essa matéria via:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Newsletter

Assine a Newsletter do Consórcio PCJ e seja o primeiro a saber sobre projetos, ações de conservação e eventos importantes que acontecerão no ano. Além de notícias em primeira mão sobre todo o universo da água.

Outras matérias

Os Comitês PCJ promovem nessa sexta-feira, no dia 17 de novembro, Seminário em comemoração aos 30 anos da entidade, no Teatro Erotides, localizado no Engenho Central de Piracicaba. O evento que é aberto ao público tem como tema: “Comitês PCJ 30 anos – Avanços e Perspectivas na Gestão dos Recursos Hídricos” e contará com a […]
Na manhã desta quinta-feira, 16 de novembro, o Consórcio PCJ, recebeu em sua sede na cidade de Americana (SP), a visita do Secretário Geral da Rede Internacional de Organismos de Bacias (RIOB), Erick Tardieu, que conheceu as instalações da entidade, em especial a Casa + Sustentável, e discutiu sobre novas parcerias. A RIOB é uma […]
Pular para o conteúdo