04.03.2016 - Valinhos receberá recursos do Fehidro para combate às perdas hídricas e tratar lodo nas ETAs

O Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV), cidade associada ao Consórcio PCJ, foi contemplado com um recurso de R$ 6.394.961,79 do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), do governo do Estado de São Paulo.

Com contrapartida de R$ 959.244,27 para os dois projetos do DAEV, a verba será usada no combate a perdas físicas e no tratamento de lodo das duas Estações de Tratamento de Água (ETA).

O Fehidro recebeu 52 projetos, dos quais 37 municípios integrantes do Consórcio da Bacia dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ) foram aprovados e vão receber R$ 92.325.371,51.

O Plano Diretor de Redução de Perdas, entregue em 2015 pela Agência PCJ ao prefeito Clayton Machado, ao presidente do DAEV, Luiz Mayr Neto, e aos diretores do DAEV, Marcello Lino, Eduardo Bottura e Eliseu Dias, em evento realizado na cidade de Atibaia, serviu de base para a Divisão de Obras do DAEV desenvolver o projeto, que prevê a substituição de mais de 9,5 quilômetros de antigas redes de fibrocimento, troca de mais de 1.000 ramais (ligações de água), instalação de cinco macromedidores e cinco Válvulas Redutoras de Pressão (VRP).

“A elaboração do projeto de tratamento do lodo das duas ETA atenderá às exigências dos órgãos ambientais do Estado”, afirma o diretor de Operação e Manutenção do DAEV, Marcello Lino.

“Neste ano, em que a Campanha da Fraternidade é focada nas questões do saneamento, esses dois projetos que o DAEV consegue aprovar no Fehidro são o mais claro sinal de que é preciso investir um pouco por dia, todos os dias, na busca constante de melhoria na qualidade de vida da população e no desenvolvimento de Valinhos”, afirma Mayr.

Origem dos recursos

A verba que o Fehidro vai dispor para a execução dos projetos é proveniente da cobrança paga pelos municípios pelo uso dos recursos hídricos, de acordo com as Leis Nº 9.433/1997 e Nº 9.984/2000, nas Resoluções do Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH) Nº 52/2005 e Nº 78/2007, nas Deliberações Conjuntas Nº 25/2005, Nº 78/2007 e Nº 84/2007, dos Comitês das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Comitês PCJ). Em 2016, o DAEV recolherá R$ 193.740,79 pelo uso dos recursos hídricos.