09.10.2017 - Recuperação do Ribeirão do Quilombo demanda investimentos de mais de R$ 165 milhões

Evento nessa terça-feira (10), em Nova Odessa, apresentará dados e iniciará campanha de sensibilização

O Consórcio PCJ realizará nessa terça-feira, dia 10, em Nova Odessa (SP), o lançamento de ações de engajamento e sensibilização sobre a recuperação do Ribeirão Quilombo, com o plantio de mudas nativas às margens do curso d’água, além de comemorar os 28 anos de fundação da entidade. Durante o evento, será apresentado o plano de investimentos para a recuperação das matas ciliares e de contenção de cheias, com a implantação de pequenos reservatórios às margens do ribeirão, que prevê investimentos de mais R$ 165 milhões em 10 anos.

Para a recuperação de matas ciliares no Quilombo será necessário o plantio de 280 mil mudas nativas, com aportes financeiros de R$ 5,7 milhões, o que demandará investimentos de 570 mil reais por ano até 2027. Já para o projeto de contenção de cheias e construção de 11 reservatórios o aporte é bem maior, sendo necessários US$ 50,7 milhões, que pelo câmbio de hoje somam R$ 160 milhões ou R$ 16 milhões por ano na próxima década.

Nesses investimentos ainda não estão contabilizados os gastos com tratamento de esgoto. O Plano das Bacias PCJ prevê que toda a região tenha até 2020 100% de coleta e tratamento. No caso do Quilombo, investimentos em tratamentos mais sofisticados como o secundário e terciário também se farão necessários para ocasionar uma possível mudança de classe do ribeirão, que hoje está em classe 4, destinada apenas para navegação e paisagismo.

Caso as águas do Ribeirão Quilombo fossem despoluídas e próprias para o consumo, seriam mais uma alternativa para o abastecimento da região.

Mais detalhes sobre essas ações serão apresentados pelos técnicos do Consórcio PCJ, durante o plantio de 170 mudas de árvores nativas, sendo 28 delas de Ipê Branco para comemorar os 28 anos do Consórcio PCJ. O Ipê é considerada a árvore símbolo da entidade, por representar a paz, harmonia e a integração regional.

O evento acontecerá às 9h dessa terça-feira, dia 10, na esquina da Rua Valentim Beato com a Rua Antônio Rodrigues Azenha, próximo à área central de Nova Odessa, com a presença da equipe do Consórcio PCJ e do Presidente da entidade e prefeito do município, Benjamim Bill Vieira de Souza. Também são esperadas as presenças dos membros do Conselho Fiscal do Consórcio PCJ e demais representantes dos municípios e empresas associados.

Como forma de engajar e envolver a comunidade nesse grande desafio de recuperação do Quilombo, o Consórcio PCJ produziu adesivos com o slogan “O Ribeirão Quilombo precisa de você #VamosSalvaroQuilombo” a ser distribuído para serem fixados em carros.

Consórcio PCJ 28 anos em defesa da água na nossa região

No dia 13 de outubro de 1989, 11 municípios da região das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Bacias PCJ), se uniram em prol da água ao fundarem o Consórcio PCJ. Inspirados pela Campanha Ano 2000, movimento da segunda metade da década de 1980 que pleiteava melhoria nos mananciais da região, os municípios fundadores (Americana, Amparo, Bragança Paulista, Campinas, Capivari, Cosmópolis, Jaguariúna, Pedreira, Piracicaba, Rio Claro e Sumaré) deram início a uma mobilização frente a necessidade urgente de melhor gestão dos recursos hídricos.

Nesses 28 anos de atuação a entidade contribuiu de forma direta e indireta pela melhoria do abastecimento de água na região, que atinge índices de quase 99%, o tratamento de esgoto saltou de 3% em 1989 para 72% em 2017, as perdas hídricas somavam mais de 50% e hoje estão em média de 36%, e as Bacias PCJ foram pioneiras na elaboração de um programa exclusivo para recuperação de matas ciliares, tendo acumulado o plantio de 4,2 milhões de mudas em mais de duas décadas de atividades.

O Consórcio PCJ é referência nacional e internacional em gestão de recursos hídricos, sendo membro de importantes entidades do sistema, como o Conselho Nacional de Recursos Hídricos, da Rede Brasil de Organismos de Bacias (REBOB), e as redes latino-americana (RELOB) e internacional (RIOB), além de desempenhar papel atualmente no Conselho Mundial da Água, entidade máxima no planeta para assuntos ligados à gestão de recursos hídricos.

Municípios e Empresas associados em 2017:

Municípios: Americana, Amparo, Analândia, Artur Nogueira, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Camanducaia, Campinas, Capivari, Cordeirópolis, Corumbataí, Cosmópolis, Extrema, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Ipeúna, Iracemápolis, Itatiba, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Limeira, Louveira, Monte Mor, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Piracaia, Piracicaba, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Bárbara d’Oeste, Santa Gertrudes, Santo Antônio de Posse, Sumaré, Valinhos, Vargem e Vinhedo.

Empresas: Agrícola Monte Carmelo, Águas do Mirante, Ajinomoto, Ambev, ArcelorMittal, BRK Ambiental, CPFL Renováveis, CPIC Fiberglass, DAE Jundiaí, Elektro, Estre, Evonik, FEMSA Coca-Cola, Goodyear, International Paper, Klabin, Petrobras, Pirelli, Raizen – Usina Costa Pinto, Raizen – Usina Santa Helena, Rhodia, Rigesa/Westrock, Sabesp, Sanasa, Unilever, Usina Ester, Usina Furlan, Valeo e Ypê.

Serviço:

Evento: Lançamento do Projeto de Revitalização do Ribeirão Quilombo
Data e Horário: Dia 10/10/2017, às 9h
Local: Esquina da Rua Valentim Beato com a Rua Antônio Rodrigues Azenha, Nova Odessa (SP)