11.04.2016 - Consórcio PCJ define os municípios que irão sediar o Curso Ecoturismo Cabeceiras

 

 

Na última quinta-feira (8), o Consórcio PCJ confirmou o apoio do município de Camanducaia (MG) na realização do Curso sobre Gestão das Águas e Ecoturismo nas Nascentes dos Rios das Bacias PCJ. Além de Camanducaia (MG), já confirmaram apoio ao projeto os municípios de Atibaia (SP) e Bragança Paulista (SP). O curso, com previsão de início em junho, é uma parceria do Consórcio PCJ com a Rede Brasileira de Capacitação em Recursos Hídricos (Cap-Net Brasil).

O objetivo do Consórcio é impulsionar o turismo como forma de aquecer a economia local, e ao mesmo tempo, garantir a preservação de nascentes das Bacias PCJ, que ajudam a abastecer o Sistema Cantareira e, consequentemente, os principais rios da região. Para a gerente técnica do Consórcio PCJ, Andréa Borges, “o investimento em educação ambiental é de extrema importância para sensibilizar a comunidade e fomentar iniciativas que contribuam para a sustentabilidade local, e um exemplo disso é a nossa parceria com a Cap-Net ”.

A Cap-Net Brasil é uma rede criada em 2005, financiada por agências de cooperação dos países desenvolvidos em conexão com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e outros programas e agências multilaterais. A Cap-Net Brasil foi formada para atender à crescente demanda em capacitação de gestão integrada de recursos hídricos – GIRH, em especial do Brasil e em países de língua portuguesa. O Consórcio PCJ é membro da CAP-NET Brasil desde janeiro de 2015.

Parceria com o viveiro municipal

Durante a visita à Camanducaia, por meio do Programa de Proteção aos Mananciais, foram entregues insumos para o município associado à entidade há 19 anos, com o objetivo de realizar plantios em matas ciliares às margens de rios, ribeirões e nascentes das Bacias PCJ.  Foram doados três quilos de sementes, de sete espécies nativas, 4.000 saquinhos de mudas e formicidas.

O Programa de Proteção aos Mananciais tem atuado há 24 anos na região das Bacias PCJ, e já plantou mais de quatro milhões de mudas de árvores nativas. Atualmente, a entidade mantém parceria com 17 viveiros municipais e tem buscado a ampliação desse número, sendo estas formalizadas através de acordos de cooperação, onde o Consórcio fornece insumos (saquinhos, sementes, etc.) voltados à produção e em contrapartida recebe as mudas nativas.

Os viveiros parceiros são: do município mineiro de Camanducaia e dos municípios paulistas de Piracaia, Bragança Paulista e Atibaia (parte alta da Bacia PCJ); Vinhedo, Jaguariúna, Paulínia, Cosmópolis, Sumaré, Hortolândia, Limeira e Americana (parte média); Iracemápolis, Rio Claro, Piracicaba, Santa Bárbara d’Oeste e Capivari (parte baixa).

IMG_20160407_135145549_HDR IMG_20160407_135217309